Categoria PMBOK®

Um bate papo sobre, Scrum, Produtos, Projetos e… Agile Project Manager

Olá Pessoas,

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o WordPress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

No mês passado, participei de um workshop (muito interessante diga-se de passagem) voltado para concepção enxuta de produtos, imersos em ambientes adaptativos. Foi uma experiência bastante agregadora pois, além da experiência trocada entre os participantes e das técnicas que aprendi e revisitei no WS, pude rever alguns amigos do mundo ágil e fortalecer o networking.

Foram 8 horas bastante produtivas onde, entre uma pausa e outra para o café, evoluímos uma hipótese a qual se expandiu da concepção da ideia (MVP, visão, objetivos e etc) até um canvas que definiu o escopo do produto a ser desenvolvido. E numa dessas “pausas pro café”, aconteceu um episódio bastante enriquecedor.

Em meio a um bate papo descontraído e alguns convites para conexão no LinkedIn, fui, cordialmente “advertido”, por um colega que lá estava, acerca da utilização do termo Agile Project Manager verificada por ele, em uma de minhas experiências no LinkedIn. Na visão respeitosa deste colega, a denominação Agile Project Manager não é coerente aos métodos ágeis, uma vez que tais métodos tem como foco principal a construção de produtos complexos e não o gerenciamento de projetos, não fazendo sentido, portanto, um gerente de projetos ser ágil.

Como discordei (e discordo) peremptoriamente desta visão e, porque não dizer, desta divisão brusca e nonsense entre produtos e projetos… e, como este colega e eu, apresentamos, modéstia a parte, argumentos bem fundamentados no debate, que contou, inclusive, com a “audiência” ativa de alguns participantes que se entusiamaram pelo tema; resolvi estruturar minha visão sobre este assunto neste singelo post. 😀

Ler mais

Ei Scrum Master, 10 dicas para deixar sua Sprint tranquila e favorável…

Olá Pessoas,

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o WordPress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos (e demais assuntos) no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Ao confessionário… quem nunca começou uma Sprint com aquela sensação de que havia algo de “estranho” – o original é podre (Hamlet, Shakespeare) mas achei a palavra meio inadequada para o contexto –  no reino da Dinamarca, que atire a primeira pedra…

Foi pensando em você Scrum Master, que às vezes se sente meio perdido olhando para suas 75 métricas, as quais, algumas delas, te dizem mil coisas e outras não te dizem coisa alguma… que em horas do dia se sente abandonado pelos institutos que te certificaram e te disseram que o Scrum Guide é o caminho, a verdade e a vida e que por fim, não permite, nem sob tortura, que o seu time sucumba ao eXtreme GoHorse (XGH)… que decidi investir uma fração do meu dia para apresentar-lhe as dicas abaixo. Creio, contudo, que você já conheça muitas delas, de todo modo é sempre bom revisitá-las. :mrgreen:

Sem muitas delongas… desembuchemos:

Ler mais

PMBOK® Guide 6ª Edição vem aí com muito mais Agile… (quem diria hein!)

Olá Pessoas,

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o WordPress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos (e demais assuntos) no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Escrevi este pequeno post para compartilhar uma boa notícia… (creio eu)

Pra quem é ligado no PMBOK® – o guia de boas práticas em gerenciamento de projetos do PMI – sabe (ou pelo menos deveria saber) que a cada 3 anos o instituto revisa o seu guia principal. Para tanto, ele convida profissionais do gerenciamento de projetos em todo o mundo, para participar da revisão enviando suas observações, comentários e itens de melhoria. O PMBOK® Guide Sixth Edition, diferente das edições anteriores, virá com uma característica inédita, ele será tanto um standard quanto um guia. Um standard porque apresentará conceitos chaves, descrevendo o que fazer para se obter projetos bem sucedidos. E um guia, porque se expandirá apresentando informações adicionais sobre como usar as boas práticas de gestão de projetos globalmente reconhecidas.

Ler mais

MVP e a Gestão de Custos em Projetos Ágeis – Parte 2 (Final)

Olá Pessoas,

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o wordpress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Eis que vos apresento, meu caro e paciente leitor, a segunda e última parte do post MVP e a Gestão de Custos em Projetos Ágeis – Parte 1. (aqueles que estavam esperando ansiosamente por esta segunda parte, dê um curtir… cri cri cri cri cri… #CigarrasFeeling)

Sem muitas delongas, avancemos… o seu projeto, como vimos na parte 1 do post, agora possui um MVP. Com base neste MVP e na velocidade média do seu time, conseguimos planejar a primeira release do projeto. O que nos resta agora – para gerenciarmos o valor agregado – é estimar os custos, que em particular eu prefiro fazê-lo da seguinte forma, a saber:

Ler mais

MVP e a Gestão de Custos em Projetos Ágeis – Parte 1

Olá Pessoas,

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o wordpress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Agileland-13c é um pequeno e jovem planeta localizado a cerca de 180 anos-luz da Terra – próximo a constelação de Sutherlands & Schwabers – habitado por seres de altíssimo nível intelectual, que conseguiram experimentar, com êxito, a gestão de projetos de TI utilizando-se apenas do que nós conhecemos aqui na Terra como Scrum Guide.

Lá, por exemplo, os gerentes de projetos deste amistoso planeta, superaram a penosa tarefa de ter que gerenciar e controlar os custos dos seus projetos. Infelizmente aqui na Terra, a realidade ainda não é bem esta. Nós terráqueos precisamos, na maioria dos projetos de TI em execução, gerenciar e controlar os seus custos de maneira bastante objetiva, e além disso, precisamos frequentemente reportar e prestar contas sobre a saúde financeira dos referidos projetos, aos seus respectivos sponsors e demais partes interessadas.

Agora faço a você, meu caro leitor, um desafio. (se você ainda não fez o download do Scrum Guide, por gentileza clique aqui)

Abra o Scrum Guide (PDF) e utilizando o poderoso command + F (find) busque pela palavra CUSTO… nada nesta mão, nada na outra… eeeeeee… tcharannmm… encontrada apenas UMA ocorrência com a palavra CUSTO (se você já começou a usar o Scrum em seu projeto, crente de que o Scrum Guide trataria do área de conhecimento custo, você deve estar sofrendo neste exato momento uma crise de flatulência aguda).

Mas calma amigão… muita calma nesta hora! – Se você utiliza Scrum e precisa controlar os custos do seu projeto, este post foi idealizado justamente para tentar te ajudar nesta nobre missão. Agora largue esse tal de Scrum Guide pra lá, e clique em Ler mais para saber o que você deve fazer para não arrebentar com o BAC (Budget at Completion) ou “orçamento” do seu projeto.

Ler mais

Afinal… quem é esse tal de PMO?

Olá Pessoas,

Se algum dia você ouviu falar em gerenciamento de projetos, então é bem provável que tenha ouvido falar nesse tal de PMO. Uma coisa bastante intrigante que ouço nos bate papos com alguns colegas de trabalho, em alguns cursos e até mesmo em ambientes acadêmicos, são pessoas, por desconhecimento ou por negligência, intitularem alguém como sendo um PMO. Como se tal indivíduo, a menos que tenha poderes sobrenaturais, pudesse desempenhar o “papel” de PMO.

Legal, mas e aí… uma pessoa pode ou não pode “ser” um PMO?

Ler mais

mas então… PMBOK® e Scrum, qual é a diferença?

Olá Pessoas,

Em certa ocasião fui perguntado sobre a diferença (na minha opinião) entre o PMBOK® e o Scrum. Confesso que na hora tive um certa dificuldade em encontrar a melhor resposta de forma sucinta, clara e objetiva, pois a ocasião, tratava-se de uma exigente entrevista de emprego, para atuar como Agile Project Manager em uma multinacional norte-americana; e naquele momento eu não estava, confessadamente, muito confortável com a situação.

Nota: naquele ambiente encontravam-se 6 “entrevistadores” e eu – sem advogado – e todos eles estavam sedentos por extrair todas as informações que os convencessem de que eu era uma boa escolha… fato é que hoje posso dizer que ao menos uma vez na vida, me senti como se estivesse no programa Roda Viva da TV Cultura.

Contudo, e independente do desfecho da referida entrevista, respondo novamente esta pergunta aqui no blog (debruçado no macio e iluminado teclado do meu MacBook Pro, na tranquilidade do meu lar…). :mrgreen:

Em primeiro lugar precisamos entender o que é esse tal de PMBOK® e o que é esse tal de Scrum…

Ler mais