Arquivos

Professional Agile Leadership (PAL I), a nova certificação da Scrum.org

Olá Pessoas,

Antes de mais nada gostaria de agradecer o WordPress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos e produtos, a agilidade e demais assuntos no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Recentemente a Scrum.org lançou mais uma certificação relacionada ao framework Scrum (e a agilidade) denominada Professional Agile Leadership I (PAL I). Esta certificação (e o treinamento relacionado) tem como objetivo principal testar o conhecimento do C-level e da gestão sênior acerca dos valores e princípios ágeis, bem como das regras contidas no framework Scrum.

Resumidamente… a urgência em disponibilizar treinamentos (e certificações) direcionadas a este público (C-level, líderes e etc) se deu 1) pelas barreiras enfrentadas pelos intrépidos change agents que, ao levarem a mensagem estarrecedora de que no tal do ágil nem tudo são flores sofriam (e ainda sofrem) despudorada pressão para que, independente de qualquer coisa, façam chover e 2) facilitar o entendimento do board acerca dos benefícios da abordagem ágil, sensibilizando, todavia, que, para que estes benefícios sejam colhidos, se faz necessária uma profunda mudança cultural. Em se tratando de ágil, a raposa precisa (obrigatoriamente) perder o pêlo e perder a mania.

Neste sentido os “agile thinkers” residentes na América (do Norte) — sempre se antecipando aos lucrativos movimentos do mercado — e inspirados pelo clima favorável nos ares de Pindorama, rapidamente formataram um treinamento (e uma certificação) com foco nas lideranças das organizações a fim de consolidar a tal transformação ágil-organizacional. Afinal, estando os membros do board engajados as chances de sucesso do processo de transformação aumentam consideravelmente. (quem minimamente já se meteu com esse troço sabe muito bem que o top-goela-down conta… e muito)

Ler mais

Por que você deveria optar pela Scrum.org?

Olá Pessoas,

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o WordPress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Recentemente a AdaptIdeas Coaching & Training — empresa da qual sou um dos líderes — se tornou a primeira empresa brasileira parter da Scrum.org (Professional Training Network Member). Com isso nos credenciamos para oferecer, além dos treinamentos in company, os treinamentos oficiais da Scrum.org… e por consequência apresentar ao mercado mais uma alternativa aos treinamentos existentes.

O que motivou a nos tornar Partner da Scrum.org?

Ler mais

Spoiler da Professional Scrum Developer (PSD I) da Scrum.org

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o WordPress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Soa um tanto estranho falarmos em spoiler da PSD, uma vez que esta certificação já existe há mais de 5 anos. Ocorre que quando decidi conhecer um pouco mais sobre a PSD, avaliar quais eram suas exigências, seus pré-requisitos e o seu público alvo… dada a escassez de materiais e artigos publicados sobre o assunto na comunidade, e ainda a irrelevante quantidade de certificados emitidos no mundo (±4500), me dei conta de que qualquer coisa que eu escrevesse sobre ela, trataria-se de um spoiler. 😯

[caption id="attachment_6943" align="alignnone" width="610"]email_quantidade_certificados_psd_scrumorg Resposta do Support Team da Scrum.org sobre a quantidade de PSDs em 03/04/2017.[/caption]

Neste sentido, repare no cenário a seguir:

Ler mais

Entenda a reestruturação na família de certificação Professional Scrum Master (PSM)

Olá pessoas,

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o WordPress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos (e demais assuntos) no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Esta semana (26/07/2016) a Scrum.org, por intermédio de seu CEO Dave West, anunciou mudanças na família de certificação PSM (Professional Scrum Master). O objetivo principal da reestruturação, partiu da necessidade que a organização vislumbrou, em atender os mais variados níveis de conhecimento dos profissionais praticantes do framework Scrum.

Ken Schwaber – cocriador do Scrum, Fundador e Presidente da Scrum.org – tem escrito recentemente uma série de artigos (parte 1 e parte 2) mostrando a importância e a sua motivação em manter os programas de certificação que atualmente são oferecidos pela sua organização.

Resumidamente, Ken Schwaber entende que a importância de se manter um programa de certificação sério, se dá basicamente por três razões:

Ler mais

7 dicas para passar na certificação Professional Scrum Practitioner (PSP)

Nota: após a publicação deste post, a Scrum.org reestruturou seu programa de certificação transformando a PSP em PSM II… antes de avançar, recomendo a leitura deste post aqui para entender mais sobre esta reestruturação.

Olá Pessoas,

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o WordPress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos (e demais assuntos) no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Recentemente fui convidado (na verdade me senti desafiado) pela Scrum.org, a testar meus conhecimentos práticos sobre Scrum, que para tanto, deveria me submeter à mais nova certificação do instituto denominada Professional Scrum Practitioner.

Esta certificação ainda não foi publicada na área de Assessments do site da Scrum.org (imagem abaixo) pois ela está em fase de experimentação. Para aqueles, porém, que desejarem conhecer mais sobre esta nova certificação, disponibilizo o link aqui (PSP).

Screen Shot 2016-02-28 at 9.59.55 PM

Ah meu Deus, mais uma certificação? Óh não!

Ler mais

Escalando o Scrum com o Nexus Framework

Olá Pessoas,

Antes de mais nada eu gostaria de agradecer o wordpress, por ceder este espaço para que a gente possa, em alto nível, discutir a gestão de projetos no Brasil… (protocolos e blá blá blás cumpridos, vamos ao que interessa)

Não há mais como conter o avanço do Scrum e das metodologias ágeis. Os mantras repetidos efusivamente de que o ágil é, digamos, a forma mais adequada de se produzir software funcionando, com qualidade, com time-to-market aceitável, que agregue valor para os clientes e tutti quanti… já estão démodé. (démodé é bem… deixa pra lá vai)

Modernamente, muitas empresas de TI já estão se adaptando a esta nova forma de pensar e rapidamente se movimentam no sentido de adotar, senão o todo, grande parte das técnicas e da cultura disseminadas pela filosofia ágil.

Ao passo, porém, que a adoção de tais métodos se acentua… novos desafios, com graus variados de complexidade, começam a emergir. Como por exemplo, o desafio que uma grande empresa – que decidiu adotar o Scrum em um dos seus projetos, e por questões N, precisará que, hipoteticamente, 40 desenvolvedores trabalhem de maneira sincronizada no desenvolvimento de um único produto – enfrentará para coordenar eficientemente todos os envolvidos, colaborando para que estes cumpram as metas de negócio definidas pela organização. Além de ser óbvio que esta não será uma tarefa fácil, o próprio Scrum desestimula a formação de times de desenvolvimento com mais de 9 membros.

Ler mais